Shows & Eventos

Air Supply retorna ao Brasil em 2018 para apresentar a turnê “Lost in Love Tour”

Com um repertório repleto de canções inesquecíveis, os shows acontecem em 15 de março em Porto Alebre, 16 de março no Rio de Janeiro e 17 de março em São Paulo

Com um repertório repleto de canções inesquecíveis, os shows acontecem em 15 de março em Porto Alebre, 16 de março no Rio de Janeiro e 17 de março em São Paulo

Poucos artistas conseguiram tanto êxito no segmento pop romântico quanto o Air Supply. O duo formado na Austrália em 1975 conseguiu emplacar oito hits no Top 10 dos EUA, onde seu álbum “Greatest Hits” vendeu mais de 7 milhões de cópias. E no resto do mundo, é daí para muito mais!

O cantor, compositor e músico inglês Graham Russel e o cantor Russell Hitchcock conseguiram consolidar uma carreira que permite a eles fazer anualmente inúmeros shows pelos quatro cantos do planeta, incluindo Brasil, sempre com sucesso. E eles voltam ao nosso país em 2018 para apresentar Lost in Love Tour com um repertório repleto de canções inesquecíveis.

Tudo começou em maio de 1975, quando Graham e Hitchcock se conheceram em uma montagem australiana do famoso musical “Jesus Cristo Superstar”, de Andrew Lloyd Webber e Tim Rice. O primeiro álbum do Air Supply, autointitulado, saiu em 1976, e emplacou nas paradas locais o single “Love And Other Bruises”.

Em 1977, eles foram a banda de abertura da turnê australiana do astro do pop-rock Rod Stewart, e o cantor britânico gostou tanto deles que os convidou para acompanha-lo nos shows que faria nos EUA e Canadá, parceria que deu super certo.

Ao ouvir o quarto álbum australiano da banda, “Life Support” (1979), o consagrado produtor americano e diretor da Arista Records, Clive Davis, gostou muito de uma das músicas incluídas nele, “Lost In Love”. Tanto que resolveu convidar o duo para entrar em sua gravadora. Começava ali uma parceria milionária.

Em 1980, saía o álbum “Lost In Love”, o primeiro deles a conseguir repercussão no disputado mercado americano, atingindo o 22º posto nos charts de lá. Deste trabalho, foram extraídos três singles de muito sucesso: a faixa-título (em nova versão- nº 3 nos charts), “All Out Of Love” (nº 2) e “Every Woman In The World” (nº 5).

O som romântico e próximo do soft rock encantou o público pop. Esse namoro se consolidou com o álbum seguinte, “The One That You Love” (1981), que chegou ao nº 10 entre os LPs mais vendidos nos EUA e emplacou mais três singles certeiros por lá: a faixa-título (nº1), “Sweet Dreams” (nº 5) e “Here I Am” (nº 5).

Em 1982, veio mais um álbum de sucesso, “Now And Forever”, nº 25 nos EUA e trazendo como destaque a canção “Even The Nights Are Better” (nº 5 entre os singles).

O sucesso da dupla era tamanho que justificou o lançamento, em 1983, de “Greatest Hits”, trazendo todos seus êxitos até aquele momento e uma faixa inédita, “Making Love Out Of Nothing At All”, de autoria do premiado compositor e produtor Jim Steinman (Bonnie Tyler, Meat Loaf). E essa música chegou ao nº2 nos EUA.

Parte integrante da trilha do filme “Ghostbusters- Os Caça-Fantasmas” (1984), a balada “I Can Wait Forever” foi o carro-chefe do álbum seguinte do Air Supply, autointitulado e que chegou ao número 84 da parada ianque. “Lonely Is The Night” seria o próximo hit, lançada em 1986 no álbum “Hearts In Motion”.

 Em 1987, após lançar um álbum natalino, “Christmas Album”, o duo entrou em um período de recesso que só terminaria com o lançamento, em 1991, do álbum “The Earth Is”. Em 1993, viria o premiado “Vanishing Race”, cuja faixa-título homenageava os índios norte-americanos e lamentava seu extermínio através dos tempos.

Utilizando esse repertório repleto de hits a seu favor, o Air Supply se manteve permanentemente na estrada, fazendo turnê por todo o planeta, especialmente pela Asia, onde possui seu fã-clube mais fiel. Mas não só por lá. Em 2005, por exemplo, fizeram um show em Havana, Cuba, que comportou 175 mil pessoas.

Em 2005, lançaram o DVD “It Was 30 Years Ago Today”, comemorando seus então 30 anos de carreira. O CD acústico “The Singer And The Song” (2006) e o álbum de estúdio “Mumbo Jumbo” (2010) são outros momentos bacanas dos anos mais recentes.

A potente voz de Russell Hitchcock, o talento como vocalista, compositor e músico de Graham Russel e suas bandas de apoio sempre compostas por músicos talentosos são sempre a garantia de shows encantadores para aqueles que acreditam no amor como expressão. Para o Air Supply, isso é fato e está certo.

Local: Tom Brasil
Endereço: Rua Bragança Paulista, 1281 – Vila Cruzeiro

Nome do Evento: AIR SUPPLY – LOST IN LOVE TOUR

Datas / horários: Sábado, 17 de março de 2018 – 22:00 horas
Abertura da casa 20:00 horas

Ingressos: de R$ 110,00 a R$ 380,00
Censura : 14 anos
Descontos: Conforme previsto em lei

Ingressos pelo site: Ingresso Rápido

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos – Menores de 14 anos somente acompanhados dos pais ou responsável legal.
PONTO DE VENDA SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA: TOM BRASIL
ENDEREÇO:  RUA BRAGANÇA PAULISTA, 1281
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:  DE SEGUNDA À SÁBADO DAS 10:00HS ÀS 20:00HS
DOMINGOS E FERIADOS DAS 10:00HS ÀS 18:00HS
EM DIAS DE SHOW A BILHETERIA TERÁ SEU HORÁRIO ESTENDIDO EM 30 MINUTOS APOS O INICIO DO SHOW.

Deixe seu comentário

To Top