Destaques

Barro apresenta Miocardio no Auditório Ibirapuera e anuncia clipe de Poliamor

Cantor e compositor pernambucano sobe ao palco do Auditório Ibirapuera para celebrar seu álbum de estreia e o lançamento do clipe de Poliamor, que hoje ganha teaser

Credito: Louise Vas

Cantor e compositor pernambucano sobe ao palco do Auditório Ibirapuera para celebrar seu álbum de estreia e o lançamento do clipe de Poliamor, que hoje ganha teaser

Barro é figura conhecida na cena musical do Recife (PE) e, desde o ano passado, vem conquistando seu espaço pelo Brasil e na Europa. Seu disco solo de estreia, Miocardio, foi lançado em agosto de 2016 e, depois de passar por uma série de apresentações em São Paulo e no Rio de Janeiro, retorna à capital paulista para fechar com chave de ouro as comemorações do primeiro ano do álbum, no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer, dia 23, a partir das 21h.

A apresentação terá algumas surpresas, como o lançamento offline do clipe de Poliamor, dirigido por André Gonzales (ex-Móveis Coloniais de Acaju) e Ednei Martins (Terravista Filmes). O conceito principal elaborado por André procura explorar as reflexões criadas a partir da manipulação de vários espelhos desenvolvidos especialmente para o vídeo. Filmado em Fortaleza, as locações escolhidas foram a Praia do Futuro e o Mangue às margens da Praia Sabiaguaba e do Rio Cocó. O lançamento online será dia 26 no youtube, a faixa é a mais ouvida no Spotify do compositor, ultrapassando os 227 mil plays. Assista ao teaser do clipe:

Além disso, as projeções de William Paiva, ilustrador e animador pernambucano, parceiro de longa data de Barro, têm tudo para ser um dos grandes destaques da apresentação. William procurou traduzir a arte do disco em projeções que lembram a Visual Music de Oskar Fischinger e Norman McLaren, criando interações rítmicas entre o som do palco e as imagens projetadas na tela. O trabalho utiliza elementos da capa do disco feita por Laurindo Feliciano, que tem vários elementos surrealistas e que nas projeções aparecem remodelados e recontextualizados.

Com produção de Barro e colaboração de William Paiva, Rogério Samico, Guilherme Assis, Ricardo Fraga e Gui Amabis em cinco músicas, Miocardio possui múltiplos tons, vozes e arranjos em uma viagem musical que também é cantada em versos em português, inglês, francês, espanhol e italiano. Músicos do Recife o acompanham em diversas faixas, a exemplo de Jam da Silva, Gilú, Maurício Fleury e o baixista Dengue, da Nação Zumbi. Além disso, o álbum apresenta uma forte presença de vozes femininas das cantoras Serena Altavilla, Juçara Marçal (Metá Metá), Catalina García (Monsieur Periné) e Lisa Moore (Blood and Glass).

O espetáculo conta com Barro comandando no vocal e tocando guitarra e violão de 7 cordas com pedais, ao lado de uma banda composta pelos músicos Ricardo Fraga (bateria, sampler, spds e baixo) e Guilherme Assis (baixo, sintetizador, teclado e sampler). O repertório é composto por ritmos que trazem influência da música pop, nordestina e MPB.

Mais sobre Barro:

O artista pernambucano marcou presença em importantes festivais no último ano, como Bananada (GO), Vento (SP), Coquetel Molotov (PE), Festival do Sol no Recife (PE) e João Pessoa (PB), MOLA (RJ), no palco da Curadoria do Dia da Música (SP), Festival de Inverno de Garanhuns (PE), além de duas turnês na Itália e shows nos Sescs Pompéia, Belenzinho e São José dos Campos (SP).

Miocardio tem dois clipes lançados e, um deles, “Ficamos Assim”, contou com direção da jornalista e apresentadora Lorena Calábria. O álbum integra diversas listas de melhores discos de 2016.

Na web
Spotify – http://spoti.fi/2qwjaU3
Instagram – instagram.com/barrooficial
Facebook – https://www.facebook.com/barrooficial/
Youtube – https://www.youtube.com/barro
Site –  http://barromusic.com/

Clipes de Miocardio:

Vai – Direção: Enock Carvalho e Matheus Farias

Ficamos Assim – Direção: Lorena Calábria e Mariana Zdravca

SERVIÇO:
Barro apresenta Miocardio e lança clipe de Poliamor no Ibirapuera
23 de setembro de 2017 – 21h
Duração | 70 minutos (aproximadamente)
Ingressos | R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada) pelo site www.ingressorapido.com.br
Formas de Pagamento | American Express, Visa, MasterCard, Dinners Club, Aura, Hipercard, Elo, Vale Cultura Sodexo e Vale Cultura Ticket, todos os cartões de débito e dinheiro. Não aceita cheques.
O serviço de reservas pelo site do Auditório está suspenso temporariamente para adequação ao aumento da demanda e melhor atendimento ao usuário.
Meia Entrada | Estudantes: apresentar na entrada Carteira de Identidade Estudantil. / Professores da Rede Estadual, Aposentados e Idosos acima de 60 anos: apresentar RG e comprovante.
Menores de 12 anos, acompanhados pelos pais, têm direito a 50% de desconto do valor da inteira, quando Censura Livre.

Horários da bilheteria:
Sextas-feiras e sábados, das 13h às 22h
Domingos, das 13h às 20h

Censura: livre para todos os públicos

A apresentação conta com interpretação em Libras (Língua Brasileira de Sinais)

Informações:  www.auditorioibirapuera.com.br / 3629-1075 ou info@auditorioibirapuera.com.br

Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer
Desde 2011, o Auditório Ibirapuera é gerido pelo Itaú Cultural, em parceria com a Prefeitura de São Paulo.
Capacidade: 806 lugares
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque Ibirapuera
(Entrada para carros pelo Portão 3)
Ar-condicionado. Acesso a pessoas com deficiência. Proibido fumar no local.
Estacionamentos / Transporte: Estacionamento do Parque Ibirapuera, sistema Zona Azul – R$ 5 por duas
horas. Dias úteis das 10h às 20h, sábados, domingos e feriados das 8h às 18h

Ônibus:
Linha 5154 – Terminal Sto Amaro / Estação da Luz
Linha 5630 – Terminal Grajaú / Metrô Bras
Linha 675N – Metrô Ana Rosa / Terminal Sto. Amaro
Linha 677A – Metrô Ana Rosa / Jardim Ângela
Linha 775C/10 – Jardim Maria Sampaio / Metrô Santa Cruz
Linha 775A/10 – Jd. Adalgiza / Metrô Vila Mariana

O Auditório Ibirapuera não possui estacionamento ou sistema de valet. O estacionamento do Parque Ibirapuera é Zona Azul e tem vagas limitadas. Sugerimos que venha de táxi ou transporte público.

Deixe seu comentário

To Top