Destaques

Celebrando 50 anos de carreira Guinga faz show com Quarteto Carlos Gomes no Sesc Ipiranga

Em “Avenida Atlântica”, álbum que inspira o show, compositor carioca e músicos de câmara
promovem encontro entre erudito e popular

Crédito: Vanessa Moura

Em “Avenida Atlântica”, álbum que inspira o show, compositor carioca e músicos de câmara promovem encontro entre erudito e popular

No dia 14/1, o cantor e compositor Guinga sobe ao palco do Sesc Ipiranga ao lado dos músicos do Quarteto Carlos Gomes, em uma celebração ao seus 50 anos de carreira. No repertório do show as canções do recém-lançado álbum “Avenida Atlântica”, registro do encontro de duas vertentes musicais distintas.

Guinga, que chegou a atuar profissionalmente como dentista, nunca parou de compor. Neste disco, a abordagem popular do artista carioca encontra a musicalidade erudita da música de câmara do quarteto de cordas. Os arranjos inéditos foram concebidos por Paulo Aragão, um dos mais destacados arranjadores brasileiros de sua geração, que já trabalhou com nomes como Yamandu Costa e Hamilton de Holanda.

Guinga
Guinga (Carlos Althier de Souza Lemos Escobar), é carioca da zona norte do Rio de Janeiro – o bairro de Madureira – onde nasceu em 1950. Foi por cinco anos aluno de violão clássico de Jodacil Damaceno. Começou a compor aos 16 anos. Trabalhou profissionalmente como violonista, acompanhando artistas como Clara Nunes, Cartola e João Nogueira. Teve inúmeras composições gravadas por músicos como Elis Regina, Michel Legrand, Sérgio Mendes, Chico Buarque e tantos outros.

Reverenciado pela crítica, com frequência cada vez maior vem sendo considerado “o maior e o mais importante compositor brasileiro da atualidade”. Segundo Hermeto Pascoal : “Um cara como esse só aparece a cada cem anos”. Em 2012 foi indicado ao Grammy de Melhor Disco Instrumental do Ano (Rasgando Seda: Guinga+Quinteto Villa- Lobos – Selo SESC). Em 2015 ganha o Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Canção (Sedutora – Corpo de Baile – Mônica Salmaso – Biscoito Fino) e em 2016 o Prêmio da Música Brasileira na categoria Arranjador (Porto da Madama- Selo SESC).

Quarteto Carlos Gomes
O Quarteto Carlos Gomes tem como seu principal objetivo a divulgação da Música Brasileira, Latino Americana, a Música de nosso tempo, além do amplo repertório composto para este gênero. Composto por quatro dos mais importantes músicos do cenário nacional, o quarteto realiza um constante trabalho de pesquisa junto a bibliotecas e museus sobre material nunca gravado e muitas vezes nunca executado.

O quarteto é formado por:
-Cláudio Cruz, spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, regente da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e vencedor do prêmio Grammy Awards).
-Adonhiran Reis, spalla da Orquestra Sinfônica da UFRJ, professor do Conservatório Brasileiro de Música e ex-spalla da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto.
-Gabriel Marin, violista da Orquestra Sinfônica da USP e por muitos anos primeira viola da Orquestra Sinfônica Brasileira.
-Alceu Reis, que como primeiro violoncelo liderou as orquestras do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Orquestra Sinfônica Brasileira, e também foi vencedor do prêmio Grammy Awards.

Serviço
Guinga e Quarteto Carlos Gomes
Quando: 14/1, domigno às 18h
Local: Teatro (200 lugares)
Preço: R$20,00 / R$10,00 / R$6,00 (credencial plena)
Sesc Ipiranga – Rua Bom Pastor, 822

 

Deixe seu comentário

To Top