Entrevistas

Conheça o clima intimista e divertido da banda ACÚSTRIPLO

Banda Acústriplo

Veja a entrevista da banda Acústriplo no show da Expo Music 2016

Matheus Fugazza

A Banda nasceu de uma amizade que ultrapassou os anos desde a adolescência, e transformaram esse elo em música, saindo dos ensaios no quarto, para nos divertimos em diferentes palcos.

A Música é composta por uma estética acústica, onde através de canções atemporais, criam versões que passam a intimidade que existe entre os integrantes da banda, para o público presente.

O Nome batizado pela banda se dá na tradução literal do formato que fazem nas música, um trio acústico de Rock Blues, Soul, Jazz, Groove Classic e Indie.

Os repertórios vem de bandas como  Kings Of Leon, Metallica, Pearl Jam, Alabama Shakes, Amy Winehouse, Jamie Cullum, Maroon 5, BB King, Eric Clapton, Muddy Waters, Foo Fighters, Artic Monkeys, Rolling Stones, Pink Floyd.

No show gostam de adequar o clima intimista e divertido a necessidade e vontade de quem está contratando a banda, tendo um formato flexível.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA COM A BANDA APÓS O SHOW NA EXPOMUSIC.

Banda Acústriplo

Banda Acústriplo no show da Expo Music 2016 | Foto de Matheus Fugazza

Line: Como esta sendo pra branda tocar em um evento grande como a Expomusic?
Banda: Sempre tocamos em alguns eventos e festas, não tão grandes como a expomusic, também não só focado no cenário da música, mais em também em eventos de diversos assuntos. E tocar aqui esta sendo uma oportunidade muito foda, de tocar em parceria com uma rádio que fortalece o cenário independente assim como o trabalho de vocês também.

Line: Percebemos através do show de vocês que  a banda foca em um estilo de música mais indie – rock. Como vocês consideram o som de vocês? E quais as influências que levam pras músicas e letras?
Banda: A nossa música acaba fazendo um pouquinho de Folk, mais o nosso objetivo é focar no Indie, que é mais a nossa cara. A sonoridade acaba saindo Folk por conta da utilização de violão e percussão. A banda começou a compor agora e estamos em um processo de saber a identidade que a vamos seguir, mais como compositores estamos procurando saber realmente o que se encaixa com a banda.

Line: Quais foram os projetos que vocês tinham como metas e já alcançaram e quais projetos pretendem realizar?
Banda: Onde agente quer chegar, é ter uma definição com relação as músicas autorais, já temos uma característica muito bacana fazendo as releituras de músicas de outras bandas e queremos trazer isso pro nosso próprio som. E gradativamente estamos conseguindo chegar nesse objetivo.

Line: Abanda possui algum projeto novo? Pode contar um pouco pra nós?
Banda: A nossa meta é  conseguir até o primeiro semestre do ano que vem é ter nosso CD finalizado com 100% de músicas autorais. Hoje temos um disco que é 100% de releituras de outras músicas que foi gravado ao vivo.

Line: Como uma banda independente, o que vocês sentem de dificuldade nisso no Brasil? Vocês acham que falta um apoio da mídia ou da própria união das bandas?
Banda: Achamos que o espaço é pequeno mais ao mesmo tempo é necessário ter trabalho, a banda precisa trabalhar  e investir em si, fazer o networking com outras bandas, se fortalecer nesse meio depende só da banda. Claro que precisamos de ajudas externas, mais já que não contamos com isso aqui no Brasil você tem que correr sozinho, isso em todos os sentidos. O maior desafio, é que vivemos em um cenário onde há uma grande desvalorização de trabalho, a banda constrói muita coisa e ai quando vamos chegar em um lugar pra tocar, você acaba não conseguindo espaço, o maior desafio é encontrar pessoas e lugares que vão deixar você apresentar um bom trabalho.

Acompanhe a banda Acústriplo nas redes sociais:
Facebook e Instagram

 

Curtiram a entrevista com a Acústriplo?
Compartilhem nas redes sociais e deixe seu comentário abaixo, ajude a fortalecer a cena independente, cada gesto e atitude faz uma enorme diferença.

Deixe seu comentário

To Top