Destaques

Lacuna Coil volta ao Brasil cheio de inspiração e prometendo agitar os fãs

Lacuna Coil show Brasil 2017

Lacuna Coil: Chegou a hora do Gothic Metal invadir os palcos brasileiros.

Foto de Alessandro Olgiati

Chegou a hora do Gothic Metal invadir os palcos brasileiros

Fala galera do Line Rockers, hoje vamos falar sobre a banda de Gothic Metal que breve estará em solo Brasileiro, minha ajudante Fernanda Barbosa e Eu vamos falar sobre carreira, álbuns, origens e o esperado Show.

Lacuna Coil é uma banda de metal gótico e metal alternativo formada na cidade de Milão, Itália, em 1994. Outros nomes da banda, antes de chegar ao atual, foram Sleep of Right e Ethereal. A banda é inspirada pelo imaginário gótico, e seus membros são conhecidos musicalmente por compor canções que consistem em linhas de guitarra entrelaçadas com o teclado, contrastando com vocal feminino e masculino, tornando o som bastante melódico. Apesar disso, grande parte do material mais recente possui influências em bandas como Korn e Meshuggah. De acordo com o grupo, são inspirados por bandas como Depeche Mode, Paradise Lost, Tiamat, Septic Flesh, Type O Negative e In Flames, entre outras.

A banda formada em 1994 já teve alguns integrantes bem conhecidos no mundo do Gothic Metal.

Formação atual.
Cristina Scabbia – Vocalista desde 1996
Andrea Ferro – Vocalista desde 1994
Marco Coti Zelati – Baixista desde 1994
Ryan Folden – Baterista 2014
Daniel Sahagún – Guitarrista 2016

Ex-integrantes
Cristiano Migliore
Cristiano Mozzati
Raffaele Zagaria
Claudio Leo
Leonardo Forti
Marco Biazzi

São 22 anos de banda com alguns álbuns de estúdio e alguns EP’s sendo eles:

Álbuns de estúdio
In a Reverie (1999)
Unleashed Memories (2001)
Comalies (2002)
Karmacode (2006)
Shallow Life (2009)
Dark Adrenaline (2012)
Broken Crown Halo (2014)
Delirium (2016)

EPs
Lacuna Coil (1998)
Halflife (2000)
Nesse meio tempo gravaram o single, “Swamped”, que também é incluída na trilha sonora do filme Resident Evil Apocalypse.https://www.youtube.com/watch?v=nOuxOUYycoU

Mais recentemente no ano de 2016 finalizaram a gravação do álbum Delirium, aonde eu fiz faixa a faixa (minha opinião sobre a banda e cada single) depois do mediano “Broken Crown Halo” a banda entrega o álbum mais pesado de sua carreira.

Lacuna Coil | Delirium

Lacuna Coil | Delirium

Logo no início, a banda entrega a pesada e grudenta “The House Of Shame”, onde vemos que o Andrea tem bastante potencial para o gutural, e que deveria ter feito isso em outros álbuns da banda. Seguimos com “Broken Things” com uma letra agressiva e riffs viciantes. Scabbia impressiona com seu potente vocal como sempre e Andrea faz bonito. O início do som, já empolga. E temos mais gutural, com direito a gritos.

“Delirium”, que carrega o nome do novo trabalho, é a mais grudenta de todas. Você ficará por dias cantarolando “Delirium, delirium, delirium” sem ao menos notar. Diga-se de passagem, que é nessa música que Scabbia entrega seu potencial em agudos arrepiantes.

“Blood, Tears, Dust” começa com a bateria do novatto Ryan Blake Folden em evidência, mostrando que ele não veio para brincadeira. Os riffs pesados dos competentes Daniel Sahagún e Marco Coti Zelati, não ficam para trás. Uma das músicas mais pesadas do álbum, com mais gutural e com mais potencial vocal da Scabbia. A letra da canção, por fim, não é tão boa, mas vale pelo ótimo trabalho da banda.

“Downfall” é a balada que o LACUNA COIL sempre faz, e como de costume, faz bonito. A canção é linda, envolvente e mais uma vez, faço questão de mencionar o excelente vocal da Scabbia. É aquele som que te faz fechar os olhos e pensar na vida e ter uma boa viagem.

“Take Me Home” começa sinistra e macabra! Crianças cantarolando uma canção de ninar que nos faz lembrar da assustadora e arrepiante “Freddy’s coming for you” do icônico filme A HORA DO PESADELO. A música nos ganha rapidamente, aí temos mais peso, mais gritos, mais guitarras e mais bateria.

“You Love Me ‘Cause I Hate You” começa calma, como uma balada. Scabbia com seu vocal doce e calmo e quando pensamos em fechar os olhos na calmaria do som, o Andrea chega com seu refrão pesado. Na verdade, seria melhor se a canção fosse interpretada apenas pela Cristina Scabbia, com um refrão mais calmo. Acaba quebrando todo o clima que a mesma causa ao ouvirmos.

“Ghost In The Mist” é a minha predileta de todo o álbum, sem dúvidas.

O refrão é contagiante, a batida é contagiante, o vocal é extremamente competente. Resumindo: Pesada, sombria e contagiante!

“My Demons” novamente começa com o vocal doce da Scabbia, cantando levemente “And I Don’t Know What You Say. I’m thinking About You, And Certain Without You.” Logo, o Andrea toma conta da canção com seu gutural surpreendentemente competente. É uma balada pesada, uma novidade para a banda.

“Claustrophobia” outro acerto do LACUNA COIL nesse trabalho. A música tem uma letra forte, peso na medida certa. Outro trabalho que mostra o quanto a banda está em sintonia.

“Última Ratio” é a última canção do álbum. É sem dúvidas uma das mais pesadas da carreira da banda. Totalmente diferente de tudo o que fizeram. Andrea faz bonito, mostra que agora decidiu tomar o posto de cantor de metal na banda. Mais uma vez, seus duetos com Scabbia são excelentes. A sua voz é linda, calme e agressiva ao mesmo tempo.

LACUNA COIL fez um ótimo álbum, pesado, sombrio e com ótimas canções. Deve agradar seus milhares de fãs no mundo todo e atrair outros novos. Até os mais exigentes, devem se agradar.

Devemos levar em consideração também, o excelente trabalho vocal dos vocalistas. A melhora do Andrea foi extrema, notável e merece ser aplaudida. Scabbia por sua vez, fica melhor e melhor a cada novo lançamento. Sem dúvidas, uma das melhores vocalistas atualmente.

Na versão DELUXE, somos agraciados por mais 3 canções. Que completam esse álbum de maneira excelente.

“Live To Tell” é a balada que a Scabbia faz de maneira excelente e sozinha! A letra é forte, verdadeira e tocante. Em todo álbum ela tem esse espaço e de fato, senti saudades na outra versão. A música é linda e envolvente. Tão envolvente que meus olhos encheram de lágrima. É notável a impecável dicção da vocalista, que canta de maneira que possamos sentir a canção e entender o que está sendo dito. Outro grande acerto da banda. Sem dúvidas.

“Breakdown” nos remete aos tempos do “Comalies” tirando pelo gutural do Andrea, constante nesse novo trabalho. Os riffs, a bateria, letra e por fim um famoso som que a Scabbia faz em quase todos os álbuns, nos faz lembrar do trabalho de 2002. Outra excelente adição!

“Bleed The Pain” finaliza essa fase mais pesada do LACUNA COIL. Riffs de guitarra pesados, gritos, gutural e a parte melódica fica com a Cristina. Tirando pelo peso, nos remete à antigos trabalhos da banda. Por fim, conta com um solo bacana, coisa que fizeram em diversas músicas. Destaque dos solos para “Blood, Tears, Dust” e “Claustrophobia” que entregam os melhores solos de guitarra do álbum.

Sem dúvidas, o melhor trabalho da banda desde 2002. A versão DELUXE veio para completar e vale muito a pena ser adquirido. Então, coloquem o fone ou aumentem o som do carro, e curta essa nova e próspera fase do LACUNA COIL.

Confira o vídeo

Agora deixo as informações do texto junto com a Fernanda Barbosa que fez o levantamento sobre todo a trajetória da Banda pelo Brasil.

Lacuna Coil | Tour America Latina 2017

Lacuna Coil | Tour America Latina 2017

Já não é surpresa para ninguém, mas continua sendo muito agradável saber que a banda italiana Lacuna Coil vem ao Brasil e as datas se aproximam!

O já bem-sucedido e novo álbum “Delirium” vem ser lançado com tudo que tem direito com Cristina Scabbia (vocal), Andrea Ferro (vocal), Marco Coti Zelati (baixo) e Ryan Folden (bateria), acompanhados de Daniel Sahagún (guitarra, ex-Black Lodge) e Diego Cavallotti (guitarra) retornam prometendo ser o clímax desta nova turnê pela América Latina.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/lacunacoil
https://www.facebook.com/liberationmcofficial
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Serviço Rio de Janeiro
Liberation Tour Booking orgulhosamente reapresenta Lacuna Coil
Data: sexta-feira, 10 de março de 2017
Local: Teatro Odisseia
End: Av. Mem de Sá, 66 – Lapa
Hora: 18h30 (abertura da casa) | Showtime: 20h
Infoline: (21) 2224.6367
Imprensa: press@theultimatemusic.com | 11 964.197.206
Informações gerais: info@liberationmc.com
Evento Fb: https://www.facebook.com/events/1804465593146955
Classificação etária: 18 anos

SETOR / PREÇOS (1º lote)
PISTA: R$ 100,00 (meia-entrada/promocional*) | R$ 200,00 (inteira)
*doe um kilo de alimento na entrada da casa no dia do evento e pague meia-entrada).
Ponto de venda: Hard N Heavy – R. Marquês de Abrantes, 177, loja 106, Flamengo | (21) 2552.2449

COMPRA PELA INTERNET – http://www.clubedoingresso.com/lacunacoil-rj

*Consulte o ponto de venda mais próximo da sua região, no site do Clube do Ingresso.

Serviço São Paulo
Liberation Tour Booking orgulhosamente reapresenta Lacuna Coil
Data: sábado, 11 de março de 2017
Local: Carioca Club
End: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 (próximo ao Metrô Faria Lima)
Hora: 18h (abertura da casa)
Infoline: (11) 3813.8598
Imprensa: press@theultimatemusic.com | 11 964.197.206
Informações gerais: info@liberationmc.com
Evento Fb: https://www.facebook.com/events/795626460569052
Classificação etária: 16 anos
Capacidade: 1.500 lugares
Duração: Aproximadamente 90 minutos
Estacionamento: nas imediações (sem convênio)
Estrutura: ar condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes e enfermaria

SETORES / PREÇOS
PISTA: R$ 130,00 (2º lote – meia-entrada/promocional*)
CAMAROTE: R$ 200,00 (1º lote – meia-entrada/promocional*)
*doe 1 kg de alimento na entrada da casa no dia do evento e pague meia-entrada.

Colaboração: Fernanda Barbosa

Deixe seu comentário

To Top